0

Ligeiramente Maliciosos



Ligeiramente Maliciosos
Título Original : Slightly Wicked
Mary Balogh
Editora Arqueiro

" De algum modo, se apaixonara por Claire Campbell, admitiu para si mesmo. Não fora apenas desejo. Também houvera sentimento da parte dele. Não estava apaixonado por Judith Law, mas havia alguma coisa ...
Não era piedade. Ele teria sido logo afastado por ela se não pudesse lhe dar mais do que piedade. Também não era desejo, embora, para seu próprio constrangimento, quisesse muito levá-la para a cama. Não era ... Ele simplesmente não sabia o que era. Nunca fora uma pessoa de cultivar emoções profundas. Até onde conseguia se lembrar, colorira o próprio mundo com um cinismo tênue e entendiado. "

Judith Law viajava em uma diligência quando um inesperado acidente a coloca frente à frente com seus sonhos. Ela já não era mais tão novinha e o fato de estar a caminho da casa da Tia para morar de favor, foi mais do que um empurrãozinho para soltar a imaginação, esquecer a criação severa de filha do pastor e viver a aventura que provavelmente seria a única e última de sua vida. E assim ela dá vida a Claire Campbell e se deixa resgatar por Ralf Bedard. Ela se apresenta como atriz e segue a cavalo com seu lindo salvador para a estalagem mais próxima.
Em meio a mentiras e uma forte atração, esses dois se deixam levar pelo desejo e vivem um tórrido romance. Mas a doce e bem resolvida Claire Campbell foge e deixa Senhor Bedard sem nenhuma despedida.
Judith pensou que agora ela estava pronta para ir para a casa da Tia. Se ia morrer solteira, pelo menos ela agora conhecia o fogo da paixão.
Nada poderia prepará-la para o que estava por vir. Na casa da Tia ela foi tratada como uma serviçal. Os seus poucos vestidos foram reformados para esconder a beleza de suas curvas e seus lindos cabelos ruivos tinham que ser completamente escondidos em uma touca. Ela estava resignada e de tudo de ruim, tirava proveito da companhia de sua avó que era a única naquela casa que a tratava com carinho.
Todas as atenções eram direcionadas para os caprichos da prima Julianne que procurava um marido desesperadamente. Grandes festejos estavam sendo preparados. Lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, vinha visitar a avó que era vizinha dos Effingham e havia aceitado o pedido da  avó para cortejar sua possível pretendente e vizinha Julianne.

Uma enorme comoção para o grande dia da apresentação dos dois havia tomado conta da casa. Mas o que Judith jamais poderia prever era que ela não havia sido a única a mentir naquele acidente com a diligência. Rannulf Bedwyn e Ralf Bedard eram a mesma pessoa. E ele estava cortejando a sua prima Julianne e ele era muito rico. Judith não conseguia acreditar na volta que a vida estava dando.
Como olhar para ele e não lembrar de nada ?
Como resignar-se a viver o resto de seus dias como praticamente uma criada da própria tia ?

Rannulf Bedwyn pensava mais vezes do que gostaria, na linda e inesquecível Senhorita Claire Campbell. Estar em Grandmaison Park para cortejar uma possível noiva não estava em seus planos, mas a avó havia pedido que ele tentasse e enfim, ele estava ali apenas para fazer a vontade da avó.
Ver a mulher que mexeu com ele como nenhuma outra, ali na sua frente, tratada como uma  serviçal, foi como se o chão houvesse se aberto.
Ela estava sendo humilhada por sua própria tia. Reduzida a uma mera dama de companhia da própria avó. E isso tinha mais a ver com a sua beleza incrivelmente ruiva do que com a pobreza dos pais.

Mary Ballogh nos apresenta a rendição ( ou perdição) de mais um lindo Bedwin. Esses dois precisam percorrer um tortuoso caminho a fim de aceitar o óbvio : eles se amavam desde aquele primeiro encontro.
Uma trama de mentiras, inveja e paixão.

O livro em uma palavra : apaixonante

Como quem lê faz seu filme, ver a beleza de Judith ser considerada uma maldição por sua própria família é de doer o coração. E o pior, ela acreditava que era feia, que os cabelos ruivos apelidados de "cor de cenoura" eram motivo de vergonha. Mal sabia que ela era linda ! A mais bonita de todas as irmãs.
Ela custa a reconhecer que seu coração está tomado de amor por Rannulf e que talvez isso acontecesse desde o primeiro encontro. Ela custa a aceitar que os Bedwins se casam por amor e são devotados as suas esposas. Ela custa a acreditar que a vida estava lhe dando um presente !
Mas, não sem antes enlouquecer as leitoras por ser tão cabeça-dura !

Sobre Lorde Rannulf Bedwin, tenho somente duas palavras a acrescentar : Que homem !

Ah e ver o tão temido Duque de Bewcastle arquitetar um plano dramático para salvar aquela que havia mexido com o coração de pedra do irmão, foi impagável. Não vejo a hora de conhecer melhor a história por trás desse Duque tão enigmático e solteirão.

Série  Bedwin Family
1. One Night for Love
2. A Summer to Remember
3. Slightly Married - Ligeiramente Casados
4. Slightly Wicked - Ligeiramente Maliciosos
5. Slightly Scandalous
6. Slightly Tempted
7. Slightly Sinful
8. Slightly Dangerous

* Fonte : http://www.fantasticfiction.co.uk/b/mary-balogh/

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO