0

Uma Longa Jornada

Uma Longa Jornada
Título Original : The Longest Ride
Nicholas Sparks
Editora Arqueiro

"Gostaria de ter talento para pintar o que sinto por você, porque minhas palavras sempre parecem inadequadas. Imagino usar vermelho para sua paixão e azul-claro para sua bondade; verde-floresta para refletir a profundidade de nossa empatia e amarelo-vivo para nosso persistente otimismo. E ainda me pergunto: a paleta de um artista pode captar tudo que você significa para mim?"

Ira Levinson descobriu o amor quando olhou Ruth pela primeira vez.Aquela judia austríaca que fugia da Segunda Guerra com a família, acabou parando em Greensboro na Carolina do Norte para viver na mesma comunidade que Ira vivia. 
A língua alemã foi o que primeiro uniu essas duas famílias, depois o sentimento uniu os filhos.
Segundo Ira, Ruth era a garota mais linda que ele havia visto. Tal beleza era tão ofuscante como tentar olhar para o próprio sol.
O namoro veio recatado como a época pedia, só dando um tempo quando em dezembro de 1941 Ira é convocado para a guerra. Um ano de estudos e depois o alistamento no U.S.Army Air Corps. Ira sabia que ao se alistar a convocação estava próxima e ele não poderia ir para a guerra sem antes dizer a Ruth que ele gostaria que ela fizesse parte do seu futuro.
Um futuro de amor, de paciência, renúncia e muita dedicação a grande paixão de Ruth : a arte. Ruth era apaixonada por pinturas e Ira era apaixonado pelo olhar de admiração de Ruth para as pinturas. Um egoísmo excêntrico que rendeu a eles uma linda e extensa coleção. Olhar para cada quadro representava relembrar a circunstância que aquela obra foi encontrada, o olhar vidrado  de Ruth e toda a emoção envolvida no momento da compra.

Toda a linda história de amor de Ira e Ruth é contada de forma reversa quando Ira, já em idade avançada e vítima de um acidente de carro se vê em proximidade com a morte. Não sabemos se nos emocionamos com o amor ou se choramos por ele estar tão machucado, com frio, fome e sede. 

Em paralelo temos Sophia e Luke, um casal que tinha tudo para não se encontrar, para não dar certo, para não ter nem mesmo um diálogo, mas contrariando tudo e todos se encontram, conversam e sentem uma afinidade rara.
Ela era estudante de história da arte, ele fazendeiro e peão de rodeios que nem mesmo havia entrado em uma faculdade. Mas, para a linguagem do amor, não existem regras ou caminhos pré-determinados. Basta sentir, sonhar e seguir o coração. 

Sophia havia acabado de sair de um relacionamento conturbado e tenta de todas as formas não se atirar de cabeça. Luke tem seus próprios motivos para não se abrir totalmente no início. As poucos, chega a confiança, a forte atração física e até mesmo a certeza que a partir daquele ponto, já não tem mais volta e o amor vence qualquer barreira.

E misteriosamente como só mesmo o destino é capaz de fazer, essas duas histórias se entrelaçam de uma forma perfeita. Nicholas Sparks, conhecido como o mestre da emoção, mais uma vez nos deixa vidrados, chorando, sorrindo e sentindo que o amor verdadeiro tem o poder de mudar o destino. Uma longa jornada que nos leva diretamente ao real sentido do amor e do "para sempre".

O livro em uma palavra :  lindo

Como quem lê faz seu filme, eu confesso que no início eu não conseguia nem imaginar como todos aqueles detalhes lembrados por Ira em um dos momentos mais difíceis da sua vida fossem se encaixar na trama. Mas, Sparks sabido como ele só, consegue surpreender sempre.
Uma Longa Jornada é um dos livros mais lindos do autor. Ele nos remete ao amor em seu estado mais natural e verdadeiro. Sem apelos de moda ou dinheiro, mas baseado no coração e na coragem de enfrentar os problemas e a vida com esperança.

A história de Ruth e Ira é linda demais, verdadeira demais e pura demais. Eu gostaria de encontrar mais casais assim na vida real. Pode isso Sparks ? rsrsrs

Já Sophia e Luke são a grande prova que padrões não existem para o coração. Não tem receita ou regra, simplesmente o amor acontece de forma natural. Luke chama atenção logo nas primeiras páginas dedicadas ao personagem. Tão intenso e ao mesmo tempo tão contido ... Uma contradição que encantava Sophia desde o primeiro olhar.

Uma leitura que encanta e emociona !


Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO