0

Riquezas Ocultas

Riquezas Ocultas
Título Original: Hidden Riches
Nora Roberts
Editora Bertrand

"- Então você jogou comida na cabeça dela para me animar .
- Não, foi um ato estritamente egoísta, mas teve um efeito colateral ótimo. - Dora virou a cabeça. - Me dê um beijo, por favor.
- Por quê ?
- Porque eu quero um. Um bem simpático.
Jed pôs o indicador sob o queixo da moça para erguê-lo e encostou os lábios nos dela.
- Foi simpático o suficiente ?
Ela começou a sorrir, mas ele mudou a mão de posição e segurou o pescoço de Dora por trás. Com os olhos abertos, baixou a boca até a dela novamente, passando a língua nos lábios da moça até que se abrissem e ele pudesse provar a exitação do primeiro suspiro trêmulo.
Era como água - água pura e límpida - depois de um período de sede agonizante. Ele a bebeu facilmente. "

 Jedidiah Skimmerhorn só queria esquecer os últimos tempos. O objetivo era mudar-se e curtir a vida fora da polícia. Mas, como alguns dizem por aí : Você pode tirar o homem da polícia, mas nunca a polícia do homem. E ele era um policial até as entranhas. Tinha pinta, jeito e como a sua vizinha gostava de dizer, também tinha cheiro de policial.

Isadora Conroy é linda, dona de um antiquário charmoso e de uma personalidade petulante. Profunda entendedora de antiguidades e badulaques, ela é puro glamour.
Descendente de uma família de artistas de teatro, ela emana energia. E foi por essa energia que Dora e a irmã acabaram comprando alguns lotes a mais em um leilão. Mal poderiam imaginar que aquele lote de mercadorias mudaria para sempre o caminhar de sua vida.

Era para Jed ser apenas o inquilino de Dora, mas desde o primeiro encontro algo forte os une. No início, apenas o mau humor de um solteirão que precisa se esconder do mundo, depois ele se intriga com aquele olhar de Dora que parece que faz piada de tudo. Aos poucos, Jed já está praticamente um "faz tudo" na Dora´s Parlos e isso o faz encontrar-se com Dora mais do que ele gostaria.

Em meio a tudo isso, invasões e mortes  acontecendo com clientes de Dora. Por quê alguns clientes estavam sendo roubados e o ladrão procurava por peças específicas ? E é justamente quando Dora é vítima também que Jed se envolve com as investigações. Ele se irrita porque ele está na condição de civil e sua equipe está ralando com um capitão incompetente. E nunca estar do lado de fora havia pesado tanto.

Obras de arte que são contrabandeadas, perseguições, mortes e um amor muito lindo que nasce em tempos de crise. Com diálogos inesquecíveis, Riquezas Ocultas surpreende demais o leitor. 

O livro em uma palavra :Inteligente

Como quem lê faz seu filme, Jedidiah ao contrário do que tudo indica não nasceu de um ovo podre e bem fedido como pensava Dora. Ele teve uma boa educação, acesso a obras de arte e também ao lado mais negro da falta de amor. Um lar sem amor fez daquele menino hoje um homem sem ter se entregado verdadeiramente a ninguém. Jed havia se tornado um homem profundamente marcado e vazio que encontrara na polícia o seu reconhecimento e também o seu pesar. Só que Dora não desiste fácil e sabe que por trás daquela fantasia de ogro tem um príncipe que merece e precisa ser amado. É lindo como tudo acontece !

Já a parte do suspense policial, como já poderíamos prever, não se sobressai ao romance. A resolução do caso acontece de forma reversa. Sabemos o que aconteceu no início e vamos passo a passo desenrolando a teia para encontrar o culpado. Um contrabandista frio e muito culto que coloca o seu querer acima de qualquer sentimento.


Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO