0

Encarcerados Fuga de Furnace

Encarcerados Fuga de Furnace
Título Original : Lockdown
Alexander Gordon Smith

-Não se demora muito para aprender a obediência nesse lugar- falou uma voz tão áspera e profunda que por um segundo achei que fosse irradiada diretamente para o meu crânio. Mas o homem que estava com os cães movia a boca, portanto presumi que as palavras vinham dele.-E obediência é a diferença entre a vida, a morte e outras variedades de existência oferecidas aqui em Furnace.
O homem deu um passo à frente, os cães nos calcanhares.
-Obedeçam  às minhas regras e se darão bem. Desobedeçam-nas e logo verão que aqui os pesadelos são realidade: seguem os mesmos corredores que vocês e assombram sua cela. Entre vocês e a insanidade, há apenas eu. Bem, onde estão minhas boas maneiras? Sou o diretor Cross e dirijo esta instituição.


Alex e Toby eram típicos valentões norte-americanos, espancavam as crianças da escola e roubavam seu dinheiro para o almoço. Porém as poucas notas de dez libras que roubavam dos meninos não estavam sendo suficientes, eles queriam mais dinheiro, e foi ai que eles começaram a assaltar casas, foi a partir desse momento que Alex escolheu um caminho que não tinha volta.

Era uma vida criminosa perfeita, sem nunca serem pegos, porém tudo mudou em uma noite. Tudo mudou quando Alex conheceu pela primeira vez aqueles que viriam a agonizar sua vida por muito tempo.

Durante um de seus assaltos com seu amigo Toby à uma das casas da vizinhança, Alex cai em uma emboscada e vê seu amigo sendo morto à sangue-frio por cinco homens de terno preto e um homem com uma mascara de gás. Sem nenhuma escolha, ele foge dali o mais rápido que pode, não conseguindo entender o porquê dos macabros homens terem matado seu amigo, mas sabendo que era uma questão de tempo até ser incriminado pela morte de Toby.
Alex acaba sendo encontrado pela polícia e julgado pela morte de Toby, ganhando como pena, uma viagem só de ida para a lendária penitenciária de Furnace. Como se já não fossem poucas as surpresas desagradáveis de Alex, ele descobre que os assassinos de seu amigo são na verdade seguranças de sua nova casa. Tudo não passava de um golpe, e agora tudo em sua vida tinha ido por água a baixo.

Quem dera os presos, que Furnace fosse apenas mais uma prisão, com direito a banho de Sol, visitas de familiares, condicional e no caso do Brasil, direito a fazer ligações dentro das celas com celulares. Furnace ficava no sub-solo, escondendo do mundo os horrores que haviam lá: cães geneticamente modificados, prontos para matar sem qualquer compaixão, guardas esquisitões, um diretor que mais parecia uma personificação do mal e experiências genéticas potencialmente destrutivas com os presos.
Diante de tudo isso Alex tinha uma certeza: tentar viver em Furnace não é uma opção, sua única saída era fugir desse inferno em forma de prisão o mais rápido possível.

O modo como Alexander Gordon Smith escreve me fascinou, ele consegue encaixar peças na história e reviravoltas como poucos. Sua descrição de Furnace foi surpreendente! Me fez até querer ir passar as férias lá! (brincadeira).
O fato é que o livro é muito bom. Daqueles que te pegam de jeito e você só consegue respirar novamente ao fim do último capítulo. Não comece a leitura próximo da semana de provas ou se você estiver enrolado com outras coisas, pois você não vai conseguir parar.

Conheça a série Fuga de Furnace de Alexander Gordon Smith :

Escape from Furnace
1. Lockdown - Encarcerados
2. Solitary - Solitária
3. Death Sentence 
4. Fugitives 
5. Execution 
The Night Children 



                                                                                                                   

Eu sou Rafael Santiago, tenho 15 anos, sou filho da Simone e sou resenhista por um dia aqui no Quem lê faz seu filme. Espero que tenham gostado !


Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO