0

O Poder e a Lei

O Poder e a Lei
Título Original : The Lincoln Lawyer
Michael Connelly
Editora Record

" Voltei para a porta em passos rápidos. Detesto ficar dentro de uma cela.
Não sei ao certo por quê. Imagino que seja porque às vezes a linha pareça tão tênue. A linha entre ser um advogado criminalista e um advogado criminoso. Às vezes não tenho certeza de que lado das grades estou. Para mim é sempre um verdadeiro milagre que eu consiga sair do jeito que entrei. "

Michael Haller tinha duas ex-esposas, uma filha e todo e qualquer cliente que pudesse pagar a sua defesa, ou até mesmo aqueles que ele atendia por pura cortesia.
Extraordinariamente ousado e capaz de dar nó até em pingo d´agua, esse advogado que tinha o trabalho de defensor na herança de seu pai, era muito bom naquilo que sabia fazer. Tão bom que suas habilidades acabaram com o seu primeiro casamento e o mandaram erroneamente para o segundo. 
Margaret McPherson, ou Maggie McFeroz era a sua primeira ex-esposa, mãe da sua filha e também promotora da corte em que Haller mais trabalhava. Um acusa e o outro defende. E conflitos morais são anexados a falta de tempo, hipotecas e uma criança. Combinação bombástica que resultou na separação, embora ainda houvesse amor entre eles.
Nos bastidores da corte não faltavam comentários que Haller havia se separado de Maggie para alegar conflito de interesses e não precisar enfrentá-la diretamente. Os dois eram realmente muito bons naquilo que sabiam fazer.

Lorna Taylor era a segunda ex-esposa e assistente de Mickey Haller. Era ela que atendia as ligações e selecionava os clientes em potencial enquanto ele estava na traseira do seu Lincoln indo de um tribunal ao outro. O casamento havia acabado, mas a parceria continuava.
Além de Lorna, Haller contava com uma infinidade de parceiros em sua lista. Agentes de condicional, carcereiros, escrivãos e muitos outros. E foi uma dessas pessoas que havia indicado, ou supostamente indicado um cliente de tabela A para Michael Haller. Um peixe grande, aquele que não só poderia pagar como também poderia pagar a tabela A.

Louis Roulet era um playboy que juntamente com sua família enriqueceu vendendo casas de luxo. O ramo imobiliário lhe rendeu fortuna, poder e a sensação de intocável. Ele estava preso, acusado de tentativa de estupro e agressão contra uma modelo de reputação duvidosa chamada Regina Campo
A primeira vitória de Haller foi o pedido de conflito de interesses por Maggie McPherson ser justamente a promotora do caso Roulet. A segunda vitória foi a fiança e assim, Roulet estava novamente fora das grades.
Algo em Roulet alertava os instintos de Haller, mas a história dele era tão fantástica que poderia ser verdade. E assim, Haller e seu investigador particular trabalhavam no caso Roulet enquanto o promotor novato que viera substituir Maggie só pensava em se dar bem.
Haller havia pedido para o investigador Raul Levin cavar fundo na vida e na história de Roulet. Para um advogado de defesa pouco importava se o cliente era culpado ou inocente, o que importava era até onde o cliente conseguia pagar. Essa era a máxima de Haller, mas ele também tinha um grande medo. O medo de não reconhecer mais a inocência em seus clientes, uma vez que todos a alegavam em sua defesa.

Roulet não fugia à regra e a alegava também. O caso corria em paralelo com outros e tudo andava conforme o previsto até que o investigador chegou perto demais. Evidências de outro caso cruzavam diretamente com o mais recente e Haller não mais acreditava que havia tirado a sorte grande porque de repente, ele próprio precisava de um advogado.

Michael Connelly em O Poder e a Lei nos apresenta Michael Haller um advogado de defesa que não gosta de defender clientes inocentes. Um cara odiado pelos policiais e aclamado pelos bandidos. Aquele que se aproveita das falhas do sistema e dos policiais afobados. E também, aquele cara que consegue ser amado por duas ex-esposas. 

O livro em uma palavra : surpreendente

Como quem lê faz seu filme, Haller tinha tudo para ser odiado durante a leitura, mas a conexão foi imediata e seu jeito sagaz de ser me pegou de cara. Ele, com sua carteira de clientes nada ortodoxa e seu Lincoln com motorista, nos faz pensar que as leis, procedimentos e flagrantes devem ser ser muito bem feitos e consistentes. Caso contrário, serão facilmente derrubados por um advogado de defesa.
A forma como ele convive com as mulheres da sua vida é sem dúvida inusitada. Ele concordou em terminar o casamento antes que o ódio dominasse a relação. E as recaídas que ele tem por Maggie são realmente um ponto alto na trama. 

Agora, quando ele está em julgamento não tem pra ninguém. Ele usa de todas as artimanhas para dominar o júri, massacrar o promotor e ainda ser humilde perante a juíza. Tal proeza faz até os mais alienados pensarem em como essa profissão pode ter seus encantos.

Um thriller jurídico altamente recomendado !

Esse livro é o primeiro volume da série dedicada ao pirotécnico advogado de defesa Michael Haller. Conheça os volumes :

1. The Lincoln Lawyer - O Poder e a Lei ( Editora Record)
2. The Brass Verdict - Veredito de Chumbo
3. The Reversal - Reviravolta 
4. The Fifth Witness

E também é importante ressaltar que O Poder e a Lei foi adaptado para as telonas e conta com Matthew McConaughey na pele de Michael Haller.

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO