0

A Primeira Noite

A Primeira Noite
Título Original : La Première Nuit
Marc Levy
Editora Suma de Letras

" Certa lenda diz que a criança, na barriga da mãe, conhece todo o mistério da Criação, da origem do mundo até o fim dos tempos. Ao nascer, um mensageiro passa pelo seu berço e encosta o dedo nos seus lábios, para que ela nunca revele o segredo que lhe foi confiado, o segredo da vida. Esse dedo que apaga para sempre a memória da criança deixa uma marca. Essa marca, todos temos acima do lábio superior, exceto eu.
No dia em que nasci, o mensageiro esqueceu de vir me ver e eu me lembro de tudo ... "

* Pode conter spoilers se você não leu O Primeiro Dia

Adrian estava inconformado com o destino daquele grave acidente. Ele ainda se recuperava em Hydra na Grécia e cada dia era um suplício e a falta de Keira queimava em seu peito. O fato de não terem encontrado o corpo de Keira já dava falsas esperanças e quando Walter mostrou aquela fotografia de Keira com a cicatriz na testa, tudo tomou outra proporção.
Ainda recuperando-se do acidente e de suas repercussões em seu próprio corpo, Adrian só conseguia pensar em voltar até a China e localizar o paradeiro de Keira. Não importava o perigo ou a conspiração que ele deveria enfrentar pois se encontrasse a sua amada, já estava realizado.

E assim ele se mete em uma bela encrenca na China até que enfim consegue localizar Keira. A partir desse ponto, uma série de eventos e conspirações fazem esses dois passarem por uma prisão na China, quase serem assassinados em um trem e ainda estarem na mira de um grupo de extermínio na Rússia.
Tudo isso acontece enquanto eles avançam nas buscas por fragmentos iguais àquele que Keira ganhou no vale do Olmo . Fragmentos que juntos mostravam o universo antigo, quem dirá o primeiro universo e talvez onde a aurora um dia começou.

Um segredo tão monopolizado por membros de vários países que não poupavam esforços nem armamentos para mantê-lo em seu formato original. Keira e Adrian se vêem entre a emoção da descoberta e as consequências que a mesma poderia causar na humanidade.

O livro em uma palavra : turbilhão

Como quem lê faz seu filme, Marc Levy propõe uma nova explicação científica para o início dos tempos. O Primeiro Dia seguido do livro A Primeira Noite remontam a história de 400 anos antes de Cristo aproximadamente com explicações que fogem completamente do entendimento da pobre leitora que vos fala. Um turbilhão de descobertas que remontam uma grande conspiração para deixar guardado um segredo que poderia abalar a humanidade. Uma fantasia e tanto !
Keira e Adrian continuam sendo aquele casal cheio de "marra" onde o amor, paixão ou o que quer que seja, fica em em segundo plano perto do ímpeto da descoberta. Adrian bem tenta colocar o amor acima de tudo, mas Keira precisava de respostas. No final eles acabam dando mais valor para as próprias vidas, e já no epílogo mais uma reviravolta.

Marc Levy tem um estilo diferente, cheio de mudanças de cenário e com hipóteses um tanto duvidosas, acabou me prendendo até o final, mas confesso que são muitas viagens e muitos perigos para apenas duas pessoas embora que acessoradas científica e financeiramente.
Pra quem gosta de muita conspiração e uma nova visão para o início da humanidade, vale a leitura.

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO