0

Cerimônia Mortal

Cerimônia Mortal
Título Original : Cerimony in Death
J.D.Robb
Editora Bertrand

" Querida Eve ... para algumas pessoas, esta noite é apenas um pretexto para se comportarem de forma tola. Para outras, porém, é um dia muito importante e sagrado. Samhain, o início do inverno  celta ... o início do ano, a transmutação, com tudo o que é velho morrendo e o novo ainda por nascer. Nesta noite, o véu entre os dois mundos é muito tênue.
- Puxa ... - Fingiu um calafrio. - Agora fiquei assustada ! "

Um policial foi morto supostamente por um ataque do coração. Frank era querido no distrito e no passado havia sido colega de ronda de Feeney, o grande mestre da computação e grande amigo da detetive Eve Dallas.
Claro que a Tenente Dallas vai investigar essa história bem de perto apesar de nada, a princípio, indicar assassinato. Para isso ela irá contar com a sua ajudante Peabody e seu maravilhoso marido irlandês Roarke. Feeney, pela proximidade com a vítima estava afastado do caso. 

Eve Dallas e Peabody estavam preparadas para encontrar qualquer questão anormal na morte do policial Frank, menos o que acabaram encontrando. Uma trama entre Wiccanos e Satanistas em um verdadeiro duelo entre o bem e o mal onde pessoas começam a morrer com estranhos punhais.

O lado racional de Eve não deixava dúvidas que aquilo era apenas baboseira. Onde já se viu bruxas e satanistas, bolas de cristal, leitura de auras e amuletos ? Será que alguém acreditava mesmo nessas coisas ?
Para Eve seu maior amuleto era sua arma funcionando corretamente em seu coldre.  E quando ela descobre que o tal enfeite entalhado em sua aliança de casamento era na verdade um símbolo celta de proteção, fica boquiaberta.

" Eu já vivi ... uma vida mais flexível, por assim dizer. Preciso de você, e vou usar o que me cair nas mãos para mantê-la a salvo. - Levantou a aliança, levando-a aos lábios. - Vamos dizer que isso é uma tentativa de proteger você por todos os lados."

E foi quando os assassinatos chegaram ao portão de sua casa que Eve ficou com os nervos a flor da pele. Ela deveria manter o seu trabalho longe de casa, mas nunca conseguia separar totalmente os dois mundos. Roarke sentia-se amedrontado e ao mesmo tempo orgulhoso de sua mulher trabalhar com dedicação e afinco até a exaustão. Exaustão essa que só era recompensada com o criminoso atrás das grades.

O livro em uma palavra : Místico

Como quem lê faz seu filme, em Cerimônia Mortal temos uma trama envolvendo rituais pagãos onde não há limite entre a morte e a loucura. Eve sofre pesado não somente por não possuir um lado espiritual desenvolvido, mas também porque a sua amizade com Feeney fica bem abalada com esse caso. 
Roarke ultrapassa todos os limites da perfeição e como sempre até mesmo em um ritual pagão encontra uma linda mulher que já passou por sua vida. Affff , com quem ele ainda não saiu ? ( Acho que só comigo rsrs)
No que diz respeito ao assassino, tudo nos leva a um culpado, depois uma dúvida é plantada e vem a reviravolta. Nora Roberts mescla cenas de verdadeiro horror com cenas extremamente românticas e hots do casal Eve e Roarke. 
Sou fã da Série Mortal e sou suspeita, mas preciso confessar que amo essa série !

Conheça todos os livros da Série Mortal publicados no Brasil :
- Nudez Mortal
- Glória Mortal
- Eternidade Mortal
- Êxtase Mortal
- Cerimônia Mortal
- Vingança Mortal
- Natal Mortal
- Conspiração Mortal
- Lealdade Mortal
- Testemunha Mortal
- Julgamento Mortal
- Traição Mortal
- Sedução Mortal

- Reencontro Mortal
- Pureza Mortal
- Retrato Mortal
- Imitação Mortal
- Reencontro Mortal
- Dilema Mortal
- Visão Mortal

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO