0

Amante Libertada

Amante Libertada
Título Original: Lover Unleashed
J.R.Ward
Editora Universo dos Livros

" Finalmente havia acontecido, pensou. Durante a vida inteira perguntara-se por que nunca havia se apaixonado e agora sabia a resposta. Estava esperando aquele momento, aquela mulher, aquela hora.
Esta mulher é minha, pensou.
E mesmo sabendo que aquilo não fazia sentido algum, a convicção era tão forte que não conseguia questionar.
- Você é o curandeiro ? - ela disse em uma voz baixa que parou seu coração. - Você está aqui ... por mim ? "

Payne vivia do outro lado com as Escolhidas e a Virgem Escriba após acordar de um longo sono imposto por sua própria mãe. Sono que foi um castigo por uma violação de conduta grave que Payne cometeu.

Viver do outro lado onde tudo era sem cor era deprimente demais pra Payne e já fazia um tempo que o tempo se arrastava até as suas sessões de luta com Wrath. O único momento onde ela se sentia viva.
Só que em uma dessas sessões ela se machuca gravemente, se desentende com a mãe e acaba indo parar do outro lado junto com a Irmandade.
A doutora Jane assusta-se ao sentir a gravidade do estado de Payne e resolve ir em busca da única pessoa em quem ela confiava para operá-la. Manuel Manello, seu ex-chefe no hospital, cirurgião especialista e aquele que chorava a sua morte há quase um ano.
Jane além de passar por cima dos próprios sentimentos, ainda precisará tomar muito cuidado com o ciúme descontrolado de Vishous.
Vishous encontra-se descontrolado pois ele nunca imaginou que teria uma irmã e muito menos gêmea e vê-la naquele estado prestes a ficar paralítica, o fez chegar a beira de um abismo.

O dr. Manello passa pelo choque e raiva iniciais e aceita operar uma estranha e um local que a princípio ele pensava ser sede de alguma organização do governo. Só que ao olhar para a paciente os anos de solidão fizeram sentido como se fossem uma espera. A espera por Payne.
Em sua cabeça, uma palavra ecoava : Minha !

Amante Libertada conta a história de Payne, uma fêmea que tem a guerra em seu próprio sangue. Uma fêmea que recebeu um castigo muito pesado por ter feito justiça com as próprias mãos e que agora encontra no amor a sua cura. Totalmente emaranhada a história de Payne está a história de Vishous e assim detalhes de seus pensamentos mais negros vem à tona. 

O livro em uma palavra: provocante

Como quem lê faz seu filme, a autora criou um enredo lindo para a única fêmea guerreira da Irmandade. Uma fêmea que possui a luta no sangue e a pureza de uma virgem.
É engraçado como após 551 páginas eu ainda sinto falta de um final apoteótico para a trama. A conclusão foi meio simplória demais. Até mesmo uma intervenção da Virgem Escriba seria importante nesse momento.
Achei que teríamos um pouco mais de Blay e Quinn e tudo ficou na mesma. O sentimento está lá, mas os dois orgulhosos não saem do lugar.
Agora, o entendimento de Jane e Vishous foi lindo demais. O que só veio comprovar que a autora tem um carinho todo especial por esse irmão tão machucado pela vida.

Eu fui com muita expectativa ? Pode ser ! Mas o fato é que eu esperava um pouco mais de emoção.

Dark Lover- Amante Sombrio - história do Wrath.
Lover Eternal - Amante Eterno - história do Rhage
Lover Awakened - Amante Desperto - história do Zsadist.
Lover Revealed - Amante Revelado - história do Butch.
Lover Unbound - Amante Liberto - história do Vishous.
Lover Enshrined - Amante Consagrado - história do Phury.
Lover Avenged - Amante Vingado - história do Rehvenge
Lover Mine - Amante Meu
- história do John Matthew
Lover Unsleashed - Amante Libertada
Lover Reborn

Conheça também o Blog Oficial da IAN
http://iadaganegra.blogspot.com/

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO