0

Wereworld - A Origem do Lobo


Hoje que resenha é de autoria da Stephany Vasiljevic . Uma amiga que também é blogueira e escreve no blog  Let Our Love Begin  .

Stephany Vasiljevic - Acima de tudo curiosa. Apaixonada por fotografia, livros e São Paulo.
 






Deixo a Steh levar vocês ao mundo de Wereworld - A Origem do Lobo



Wereworld - A Origem do Lobo
Curtis Jobling
Editora Benvirá

Sinopse:
Imagine um mundo governado pelos Werelords – homens e mulheres que podem se transformar em ursos, lobos, leões, serpentes e outros animais perigosos. É nesse cenário que Drew Ferran, um adolescente de 16 anos, descobre que, além de ser um Werewolf – um lobisomem –, é também o herdeiro desaparecido do trono do rei Lobo. Agora ele precisa usar toda sua astúcia e seus novos poderes para sobreviver numa terra povoada de inimigos. Ainda mais porque ele é o único que pode unir o reino na luta contra o usurpador do cetro real, o tirano Leopold, o Leão, um legítimo e temido Werelion. A missão parece impossível e ficará mais difícil porque Leopold já está atrás de Drew e não vai descansar até ter a cabeça do Lobo rebelde. Nessa batalha de vida ou morte, todo o futuro de um mundo fantástico está em jogo – e só Drew pode alterar o destino de seu povo.

O livro conta a história do menino Drew, de 16 anos, que mora no campo com seus pais e seu irmão.
Uma vida pacata e monótona, cuidando do campo e das ovelhas, até que um dia tudo é despedaçado quando uma criatura horrenda entra em sua casa durante a ausência de seu irmão e seu pai, ataca Drew e acaba por matar sua mãe.
Ao voltar pra casa o pai de Drew o acusa da morte da pobre Jilly e o menino foge de casa. Drew, que já vinha se sentindo estranho, se transforma em Lobo...
No começo ele não entende muito bem, mas depois descobre que é o último Werewolf, a linhagem pura dos lobos, seus pais não são de sangue, Jilly o havia salvado de um incêndio e ele tem muitas descobertas a fazer.
 É assim que começa Wereworld. Ao longo de sua jornada pela floresta Drew conhece várias pessoas e se depara com MUITAS aventuras.

O livro tem bastante dessas coisas de Sete Reinos, lutas, espadas, e principalmente metamorfos e magia. Pra quem gosta de MUITA aventura e sobrenatural é o livro ideal. Eu particularmente demorei pra conseguir prender a atenção porque EEEUUU não gosto do estilo de livro, tem muita batalha e  não curto isso, mas pra quem gosta do estilo o livro não perde o ritmo. Depois de muitas aventuras, consegui me apegar no final, achei que ia ser bem previsível, mas eu gostei, me surpreendeu. Nos últimos capítulos Drew descobre quem são seus verdadeiros amigos e aliados, e o que ele precisa fazer.
É aquele tipo de final que ficam algumas coisas subentendidas, mas o autor soube bem fazer o desfecho.

É aquilo que eu disse, o livro não faz o meu estilo, achei chatinho o meio dele, mas gostei muito do final, então acho que para quem gosta do estilo é uma leitura bem divertida.

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO