0

Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito

Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito
Título Original: Toutes ces choses quón ne sést pas dites
Marc Levy
Editora Suma de Letras

"- Lamento ter morrido, querida !
- Obrigada também pela briga que eu tive com o proprietário da loja de baixo, que vai me encher a paciência por meses.
- Um vendedor de sapatos ! Que importância tem ? 
- Não são sapatos isso que você tem nos pés ? Obrigada também por estragar a minha única noite de descanso da semana.
- Na sua idade, eu só descansava na noite do Thanksgiving !
- Eu sei disso ! E enfim, obrigada, conseguiu se superar. Por sua culpa, eu me comportei como um monstro com o meu noivo.
- Não sou eu a causa da briga, reclame do gênio que você tem, nada a ver comigo !
- Nada a ver com você ? - revoltou-se Júlia.
- Bom, um pouco, talvez ... e fazemos as pazes ?
- Paz por essa noite, por ontem, pelos anos de silêncio ou por todas as nossas guerras ?
- Nunca estive em guerra com você Júlia. Ausente, sem dúvida, mas nunca hostil.
- Está brincando, espero. Você sempre tentou controlar tudo a distância, sem o menor direito. Mas que diabos eu estou fazendo ? Falando com um morto ! "

Júlia vinha de uma vida solitária. Pai autoritário que trabalhava demais e gostava de controlar de longe a vida da filha. A mãe há tempos já não estava mais com eles.
Revoltada e ansiando por sua própria liberdade partiu em busca da faculdade escolhida por ela mesma, novas aventuras e acabou em uma grande revolução. A queda do muro de Berlim trouxe não somente uma outra  visão do mundo, mas também um grande amor.

Isso tudo ficou apenas no passado. O sonho da juventude foi abruptamente interrompido pelo desespero de um pai com a ajudinha do destino.
Hoje, Júlia é infografista dá asas a sua imaginação através de suas criações e está prestes a se casar com Adam, um amor do presente.
O destino é uma coisa da qual não podemos nunca duvidar e no caso de Júlia, ele vem na morte do pai fazendo com que seu casamento seja adiado.
Ironia ? Parece mesmo ! Mesmo morto o senhor Walsh ainda detém o controle da situação. Há quase 20 anos sem falar com o pai, Júlia se vê obrigada a mudar seus planos por conta do luto.
Ao receber uma estranha encomenda, Júlia recebe a oportunidade de passar um tempo a mais com o falecido pai.
* Spoiler - Uma inovação no campo da robótica aliada ao que existe de mais avançado em neurociência capaz de proporcionar aos mortos uma oportunidade de dizer tudo aquilo que nunca foi dito em uma vida.

Dessa forma nem um pouco convencional Anthony Walsh envolve Júlia. Toca fundo em seu coração e em suas lembranças. Aquele relacionamento conturbado pai-filha aos poucos vai sendo desvendado e como sempre a mesma história tem dois lados, Anthony Walsh vai se justificando. 
O que Júlia jamais poderia imaginar é que o seu pai precisava além de tudo, prestar contas com o passado. Um erro terrível cometido por ele teve influência no futuro de Júlia e isso precisava ser corrigido.

Marc Levy cria uma viagem fantástica regada a robótica, destino e dificuldade de ser pai. Em suas linhas simples sobre a história de vida de Júlia, Levy brinca com o destino e com o verdadeiro amor.

O livro em uma palavra: envolvente

Como quem lê faz seu filme, eu me rendi ao estilo do autor. Ele mistura fatos históricos com um enredo de pura emoção onde fica até difícil distinguir ficção de realidade. A emoção das pessoas que aguardavam a queda do muro de Berlim é descrita de forma tão natural que é fácil imaginar as cenas das pessoas correndo, se abraçando e encontrando seus entes queridos.
 A questão do robô  também é tão real que me peguei pensando como essa inovação seria importante para quem estivesse partindo. Quantas coisas que nunca foram ditas aos meus pais e aos meus filhos que se eu partisse agora, eu gostaria de uma segunda chance. Loucura isso não é mesmo ?! Pois para Marc Levy isso existe e chega a ser natural.

 O auge mesmo fica por conta do destino que sem medo cobra aquilo que é seu por direito. Não importam os anos separados ou as intervenções dos homens, o que está escrito no destino ganha forças e acaba acontecendo. Lindo !

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO