0

A Estrela Mais Brilhante do Céu

A Estrela Mais Brilhante do Céu
Título Original : The Brightest Star in the Sky
Marian Keys
Editora Bertrand

" Nem todo mundo sabe, mas cada coração humano descarrega uma corrente elétrica que se estende para fora do corpo até uma distância de três metros. As pessoas se perguntam por que gostam ou desgostam instantaneamente de alguém. Imaginam que isso tenha a ver com associações: conhecem uma mulher baixinha, monocelha, e se lembram da vez em que uma outra mulher baixinha, monocelha ajudou a consertar seu secador de cabelos, e não conseguem impedir a sensação de proximidade com essa nova, totalmente desconectada, mulher baixinha monocelha.
Ou o primeiro homem que lhes trapaceou se chamava Carl e, por tanto, dali em diante, todos os Carls se tornam suspeitos. No entanto, simpatias ou antipatias instantâneas também são o resultado de harmonia ( ou desarmonia) de vibrações do coração"

Aquele prédio de tijolinhos vermelhos e aldrava em formato de banana na Star Street, 66 em Dublin abrigava moradores completamente diferentes com vidas também completamente diferentes que em certo momento se cruzam com o destino. Vidas que tinham apenas o endereço em comum e ficavam apenas no famoso " Oi ! Tudo bom ?  " .
Kate, que em seu trabalho cuidava da carreira de astros e estrelas, chegava aos quarenta anos com muita beleza e também muita cobrança por parte dos amigos e da família. A solteirona quarentona que havia ficado pra titia. Seu namorado, Conall Hathaway não era conhecido exatamente por seu nobre trabalho. Seu apelido Destruidor Hathaway fazia jus ao que ele fazia. Um workaholic bem de vida e acostumado a ter tudo o que queria. E pensar que Katie só queria amar e ser amada ...
No andar de baixo Andrei e Jan, poloneses  tentando ganhar a vida em Dublin, que sofriam com Lydia a colega de apartamento que era pequena só em questão de tamanho porque o gênio poderia ser comparado a um vulcão em plena erupção.
Mais abaixo, encontramos Jemina e seu cachorro com orelhas de burro e gênio de cão. Rancor era seu nome e me pego pensando que esse nome não foi escolhido ao acaso, uma vez que aquele ser não perdoava tão fácil. Seu filho Fion, jardineiro aspirante a astro de tv que tira suspiros da mulherada, também dá o ar da graça no tal edifício da Star Street 66 e vira a cabeça das vizinhas.
Ainda temos Matt e Maeve que levavam uma vida tão monótona que dava sono. E como nada é realmente o que parece ser, aos poucos a verdade vai se mostrando nada monótona.
 
Com um narrador fantasticamente perfeito Marian Keys vai intercalando a vida desses personagens e nos relatando várias questões importantes como relacionamento pais e filhos, vida de casal, os tão temidos quarenta anos, cumplicidade, fidelidade, workaholics, problemas sociais e muito mais.
Os capítulos vem em uma sequência decrescente de números e isso garante juntamente com o tom do narrador, um delicioso clima de mistério. É impossível prever como tudo termina, ou começa rsrsrs Tudo depende do ponto de vista.

O livro em uma palavra : surpresa

Como quem lê faz seu filme, Marian Keys é para mim um sinônimo de aprendizado. Em cada livro lido podemos olhar para determinadas situações e pensar : Eu faria igual ou gostaria de fazer assim. Ou então, essa daí é justamente o meu oposto. 

Em A Estrela Mais Brilhante do Céu, ganhamos uma viagem a intimidade dos personagens. Seus medos, derrotas e frustrações, descritos com detalhes e um humor delicioso do narrador que no final se apresenta como um personagem muito querido do livro. A vida em detalhes dos moradores da Star Street 66 já dava um livro, mas o narrador rouba a cena. Pensei em espírito, em morte e nunca no que ele realmente se mostrou. Ao passar pelos capítulos, as histórias se entrelaçam cada vez mais e os dias voltam para o início e essa fórmula aguça nossos sentidos.
Eu amei Katie e Conall, Lydia e seu dilema familiar, mas Rancor tem tudo a ver com meu cachorro rabugento e cheio de vontades.
Eu me surpreendi muito com o livro. A história é linda demais e somente no finalzinho é que entendemos o título e a capa. Perfeito !

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO