0

Asas - Série Fadas



Asas
Título Original :  Wings
Aprilynne Pike
Editora Bertrand

"Todas as pétalas tinham um tom azul-escuro no centro que clareava até o mais suave azul-celeste no meio e ficavam brancas nas extremidades. As bordas eram onduladas e se pareciam misteriosamente às violetas africanas que sua mãe se esforçava tanto em cultivar na cozinha. Devia haver umas vinte daquelas coisas compridas que lembravam pétalas. Talvez mais.
Laurel virou-se novamente de frente para o espelho, os olhos fixo nas pétalas flutuantes que pairavam ao lado de sua cabeça.
Quase se pareciam a asas. "

Laurel foi deixada na porta de seus pais adotivos quando criança. Criada em uma família que a amava muito,  Laurel se diferenciava das outras pessoas pela alimentação. Nada de carnes, somente vegetais, frutas e Sprite. Apaixonada pela natureza, especialmente o sol, essa garota quase nunca sentia frio. Cresceu em Orick, uma cidadezinha com no máximo 500 habitantes e estudava em casa com a mãe adotiva.
Até aí tudo bem, mas seu pai havia comprado uma livraria em Crescent City, um antigo sonho que aos poucos se realizava e alavancava uma mudança de cidade e também influenciava diretamente os hábitos de Laurel. Vida de adolescente comum para Laurel, a começar pela matrícula na escola da cidade.
Laurel, se sentia muita falta da antiga casa, do bosque que passeava pelas manhãs e principalmente do sol em sua pele. 
Os novos amigos logo apareceram e David, o garoto mais cobiçado do colégio se aproxima e facilita a aceitação de Laurel pelo grupo.
As origens de Laurel resolvem presenteá-la. Um caroço que mais se parecia com uma grande espinha, logo se transforma em algo inacreditável que coloca em dúvida o seu lado humano. 
E buscando respostas, Laurel dá de cara com Tamani, um elfo de feições perfeitas e raciocínio rápido. 
Um triângulo amoroso multicultural se forma e junto com a descoberta de sua origem vem a descoberta do inimigo e a dúvida do amor.

Fadas, Elfos e Trolls. Contrariando tudo aquilo que conhecemos, Aprilynne Pike inova ao acrescentar novos elementos no mito das fadas. A alimentação diferenciada e até mesmo o conceito aparece de uma maneira totalmente diferente. É quase um "remake" da lenda já conhecida por todos nós.

O livro em uma palavra : romântico

Como quem lê faz seu filme, Laurel não me conquistou. Tantos aspectos diferentes e inusitados me deixaram com uma grande dificuldade de conexão com a trama. O romance não engatou, o suspense não engatou. O portal com a promessa de proteger uma terra mágica e o conflito de interesses entre Trolls e Fadas  foi algo que deveria ter sido mais explorado.
Tamani roubou todas as cenas. Ele é ácido, lindo, destemido e determinado. É quase impossível não cair de amores por ele. 
Os últimos capítulos dão um fôlego novo a trama prometendo bem mais para os próximos volumes. Aprilynne Pike tem uma dívida comigo e eu espero que os próximos volumes tragam mais elementos emocionantes a trama.

Conheça a Série Fadas
1 - Asas
2 -  Spells
3 -  Illusions

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO