14

Os E-mails de Holly

Os E-mails de Holly
Título Original: Holly´s inbox
Holly Denham
Editora Record

" Assunto: Atendimento ao cliente de primeira linha
De: Holly
Para: Eletrodomésticos HEM

Ao gerente

Pode me chamar de otimista, mas eu estava achando que, depois das três últimas tentativas frustradas de remover a minha máquina de lavar com defeito, desta vez vocês iriam enviar a quantidade correta de homens, no dia certo da semana, e que eles conseguiriam extrair a máquina da minha cozinha com sucesso.
Dois homens chegaram, no dia certo, mas parece que faltava um "carrinho" que o meu serviço específico exigia.
Bom, se vocês não quiserem encontrar a máquina de lavar de vocês na frente do meu prédio, na calçada, então sugiro que enviem a quantidade certa de "especialistas" em retiradas com o equipamento correto no dia perfeito da semana, e, ah, por favor, lembre a eles que venham com uma van, porque imagino que eles precisem de uma van para transportá-la, e um mapa, uma bússula, o tanque cheio de gasolina e quem sabe uma garrafa de café para eles não dormirem.
Ah, e o meu nome é Holly Denham, apesar de vocês sem dúvida terem anotado Dinham.

Att. Holly "

Holly Denham acabou de trocar de emprego. Agora ela é a recepcionista novata de um banco de investimentos que além de sorrir, precisa aprender o serviço rapidinho, entender quem tem prioridade na reserva das salas de reunião e sobreviver aos chiliques de sua superior.

Seus pais estão morando na Espanha e querem saber como ela está se saindo no novo emprego. E claro, a mamãe Denham não poupa e-mails para descobrir detalhes já que Holly está a um oceano de distância ( Inglaterra).
Até a Vovó Denham já descobriu que na era digital quem tem um e-mail é rei, ou quase isso.

Patrícia ou Trisha, é a recepcionista sênior e de cara, pega no pé de Holly dando ótimas dicas para quando um cliente liga aos berros. Trisha simplesmente disse que Holly poderia desligar o telefone. Holly acreditou e ponto para Trisha porque Holly levou uma bronca da chefe pela falta de educação.
Dadas as boas vindas, as duas viraram melhores amigas e juntas paqueram, fofocam e até filosofam durante o trabalho. Tudo por e-mail porque afinal, uma recepcionista que se preze precisa manter a pose de inteligente e a cara de séria rsrsrs

Do seu antigo emprego, Holly herdou um amigo para todas as horas. Jason Granger doidinho de pedra, mas amigo eterno até que mensagens automáticas de ausência apareçam.
Ele é o melhor conselheiro que uma mulher poderia ter. Apóia, faz check-list para viagem com o novo paquera, e se empolga quando o assunto é descobrir os detalhes picantes dos encontros juntamente como Aisha, a amiga e agora colega de trabalho de Jason que entre outras maluquices, é viciada em sexo.

A vida de Holly já era por si, uma comédia. Quando ela se vê em um romance tórrido com direito a encontrinhos no elevador e joguinhos valendo uma fenda na saia do uniforme, ela vai ao céu e volta ( não sem antes encher a caixa de e-mails de seus salvadores e amigos).

Romance tórrido, baladas, irmão maluco metido a pedreiro, encanador e eletricista e pais completamente anormais, chefe chaaata demais e um ex que do nada, vem trabalhar no mesmo banco que ela.

Uau ! Que vida agitada hein ?!

Há quem diga que os e-mails de Holly foram parar na internet e depois disso, milhares de pessoas de 120 países entravam no site todos os dias para ler as mensagens dessa recepcionista comum que trabalhava em horário comercial. E essa reação surpreendente dos fãs, gerou um contrato de publicação.

O livro em uma palavra: Hilário

Como quem lê faz seu filme eu fiquei completamente impressionada como uma troca de e-mails pode dizer TUDO sobre a vida de uma pessoa. Que os anjos abençoem e sempre protejam os meus e-mails rsrsrs
O livro é todo escrito em forma de e-mails. No começo, achei que eu não ia me adaptar ao estilo, mas confesso que foi viciante espiar os e-mails de Holly. Um Chick-Lit hilário onde algumas palavrinhas podem revelar muito sobre você.

O livro é imenso. Possui 769 páginas com direito a resoluções e guias de sobrevivências, além de mensagens para ela mesma.
Compulsivamente viciante. É impossível não se render a vida agitadíssima da protagonista e seus contatos.

Ao contrário do que eu pensava inicialmente, foi escrito por um homem intimamente ligado ao mundo das recepcionistas e que já escreveu um segundo livro porque " Boas notícias correm rápido, fofocas de escritório, ainda mais rápido ..."


1 - Os E-mails de Holly
2 - Os E-mails de Holly- Scandal in the City

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO