15

A Montanha dos Mackenzie

A Montanha dos Mackenzie
Título Original:
Linda Howard
Harlequin Books

O livro já começa assim :
" Ele precisava de uma mulher. Muito.
Wolf Mackenzie teve uma noite irriquieta, a lua cheia lançando sua luz sobre o travesseiro vazio a seu lado. "

Wolf era uma mistura do sangue escocês e indígena. Alto, musculoso, viúvo e com um filho já adulto.

A sua descendência era motivo de muito preconceito na pequena cidade de Ruth no Wyoming - US. Quando foi acusado injustamente de estupro e acabou cumprindo uma pena de 2 anos na prisão, os rumores aumentaram. Ele foi inocentado, mas as marcas daquela acusação permaneceriam para sempre o rondando como fantasmas.
Ele se fechou e a cidade se fechou para ele. O mais engraçado é que ninguém se importava com a sua condição de mestiço quando o assunto era domar cavalos. Nisso ele era o melhor !

Mary Elisabeth Potter é uma professora dedicada que trocou Savannah pelo frio de Wyoming. Ela se sentia uma magnólia transplantada que ainda se adaptava ao novo clima.
Ao assumir seu novo cargo, Mary não se conformava que o melhor aluno houvesse desistido de estudar. E assim, a senhorita Potter parte rumo a Montanha dos Mackenzie para tentar trazer Joe Mackenzia de volta para a escola.

O caminho era longo, suas roupas e calçados eram inadequados e o carro não colaborou e acabou pifando na subida da montanha e no meio da neve. A determinação falava mais alto que o frio e Mary enfim consegue chegar a Montanha dos Mackenzie. Embora que congelada. Embora que completamente hipnotizada pelo seu salvador que também coincidentemente era o pai de seu aluno fujão. Wolf, para tirar Mary do primeiro estágio de hipotermia, utiliza um ritual estranho e sedutor. Mary se aquece rapidamente, seu coração acelera e outras sensações a invadem.

Um jogo de inexperiência e sedução toma conta dos dois. Wolf se vê envolvido por aquela professorinha sem atrativos e Mary é tomada pelos pensamentos mais devassos que uma donzela poderia se permitir.

A razão de tudo aquilo era Joe. Mary não desiste fácil e consegue convencê-lo a acreditar em seu potencial e seu sonho. Ela se dispõe a dar aulas particulares e ajudá-lo a conseguir uma indicação para a Força Aérea Americana. Sim, Joe sonhava com aviões !

Só sei caros leitores, que nessa de ajudar o filho de Wolf e ao mesmo tempo fazer com que a cidade os respeitasse devidamente, muitos momentos de luxuria tomam conta de Wolf e Mary.
Ela doidinha para se aventurar. Ele com medo de manchar a reputação dela.
A *enormidade dele o deixava a beira de um colapso. Os pensamentos dela a levariam diretamente para o rol das libertinas.

E na cidade alguém vem atacando mulheres. O principal suspeito ainda era Wolf porque certos preconceitos custam a sair da cabeça das pessoas.

O livro em uma palavra : perfeito

Como quem lê faz seu filme eu sempre digo que os livrinhos de banca são como um oásis no meio do deserto. Felicidade certa rsrsrs
A Montanha dos Mackenzie é um livro que quem tem não empresta. Por quê ? Ora , porque é perfeito demais. Wolf é aquele homem que conquista logo de cara. Que ama e custa a aceitar. Que quando cede ao amor é tomado por um sentimento de posse de dar muita inveja.

* Pausa para suspirar

Enfim, leiam e depois me contem se não é bommmmm demais .

* enormidade - Um termo usado e patenteado pela Carla do Doyda & Romântica.
Carla, acho que nesse caso "enormidade" também se aplica ao Wolf Mackenzie rsrsrs

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO