23

Contato Visual

Contato Visual
Cammie McGovern
Editora Novo Conceito

" Ela se machucou no bosque e estão tentando descobrir quem foi o culpado. Às vezes, isso acontece, querido. Às vezes, as pessoas fazem coisas terríveis. Elas não sabem o que estão fazendo, não é de propósito, de verdade, elas têm uma cabeça ruim que diz para machucarem outra pessoa.

Ele vê sombras e ouve vozes. Ele não sabia o nome dela nem sabia que ela tinha nome. "

Cara deixou de lado uma vida festeira para assumir seu filho sozinha. Adam, fruto de um relacionamento conturbado nasceu autista e Cara dedicava todas as suas forças para que ele pudesse participar do mundo de alguma forma.
Quando Adam e uma garotinha somem da escola e somente Adam é encontrado com vida, é travado um grande esforço para que as limitações do autismo permitam a identificação do criminoso.

Cara não imagina, mas o seu passado mal resolvido vem a tona. Em quem confiar ?
Uma amiga com síndrome do pânico, um amigo de infância um tanto estranho e apaixonado.
Até que ponto erros do passado podem influenciar os acontecimentos do presente ?

Morgan, um aluno e voluntário da mesma escola de Adam, jura que pode resolver esse mistério. Ele é um tanto atrapalhado e também esconde um segredo mas Adam se solta com ele e a comunicação sai lentamente.

O Autismo de Adam o deixou com a audição aguçada , ele é capaz de reconhecer e reproduzir uma música ouvida uma única vez. Características marcantes em uma mente autista.
Adam queria ajudar a polícia mas as palavras não saem tão facilmente. As palavras se perdem na imensidão daquela mente.

Mais uma criança desaparece e agora é correr contra o relógio !

Três núcleos diferentes narram essa história de autismo, tortura e morte.
O passado de Cara, Morgan, seus segredos e sua vontade de solucionar esse crime e Adam enquanto testemunha ocular.
Todos são suspeitos. Você demora a formar uma teoria pois as pistas levam para todos os lados. É muito suspense !

O livro em uma palavra: Revelador

Como quem lê faz seu filme, eu me enrolei um pouco no início do livro até eu me acostumar com os três núcleos. É muita informação e acreditem, tudo está conectado ! Meio clichê mas é verdade. rsrsrs
Adam é uma criança fascinante. Presa em seu mundo, horas parece tão normal e horas se retrai completamente.
Eu pouco havia lido sobre autismo. É claro que assisti Rain Man e tal , mas oficialmente eu não sabia de nada. Esse livro é um romance policial muito bem amarrado que de sobra nos chama atenção para uma doença que está presente no nosso mundo e que ainda sofre muito preconceito.
Cammie McGovem além de ser a autora desse livro, é mãe de um autista . Você percebe como ela encaixa a dificuldade que as mães enfrentam todos os dias, as lutas , os medos , as desesperanças e principalmente a coragem de lutar para que seus filhos possam participar do mundo, no enredo da trama. Adorei conhecer um pouco mais sobre autismo e saber que uma parte da renda desse livro vai para um centro de recursos para famílias com crianças com necessidades especiais.

Recomendadíssimo.

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO