17

Comprometida


Comprometida
Elizabeth Gilbert
Editora Objetiva

" E foi assim que eu e meu primeiro marido simplesmente fomos em frente e nos casamos numa situação de grande ignorância, grande imaturidade e grande despreparo, simplesmente porque tivemos vontade de nos casar. Fizemos os nossos votos sem ter a mais remota idéia de como manter viva e saudável a nossa união. "

Depois de embarcar em uma jornada por três países, Comer na Itália, Rezar na índia e Amar na Indonésia, Liz agora se vê encurralada pelo sistema de imigração americano.
Como assim ?
Felipe é brasileiro e possui passaporte australiano. Portanto , entrava nos Estados Unidos como turista com visto de 3 meses apenas. Só que essas idas e vindas ao país do Tio Sam chamaram a atenção da Imigração ao ponto de deportá-lo para a Austrália.
Engraçado como a vida dá voltas e a maneira mais lógica proposta pela própria imigração seria Liz se casar com Felipe.
Casar ? Mas eles justamente pelo histórico de divórcios dolorosos tinham prometido um ao outro que não iriam se casar e agora casar era a solução ?

Traída por seu próprio país, Liz se vê obrigada a pensar em um assunto que a assombrava.
Mas Liz já não vivia o casamento com Felipe ? Já não estavam vivendo um casamento que durava 2 anos ?
Sim mas estavam casados segundo as regras de Liz e Felipe e não segundo as regras dos USA.

E foi esse o estopim para Liz sair dos Estados Unidos e vagar com Felipe pelos mais remotos lugares aproveitando o tempo para pesquisar, viver e até mesmo entender o casamento.

Misturando o seu problema real e a cultura do casamento e seu significado pelo mundo, Liz nos envolve com relatos e histórias muito boas sobre relacionamento, finanças e incompatibilidade de gênios. E claro que não podia faltar as boas e engraçadíssimas histórias da mãe de Liz e também a "brasilidade" de Felipe.

O livro em uma palavra: Necessário.

Como quem lê faz seu filme eu tenho que confessar e abrir um parênteses aqui. Sou casada a 13 anos e quando subi naquele altar eu não tinha a menor idéia do que eu estava jurando. Não tinha idéia de como seria maravilhoso e ao mesmo tempo tão difícil. Façam um coro "Bem Vinda ao Clube !" porque eu mereço . rsrsrs

Ler esse livro foi uma experiência muito importante porque a Liz em meio ao seu problema com Felipe, mostra o casamento e suas várias interpretações culturais ao longo do mundo e dos anos . E mostra também a reação dos homens e das mulheres ao longo dos anos em forma de um relato super bem humorado .
Gostei demais !

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO