11

Relações de Sangue


Relações de Sangue
Martha Argel
Giz Editorial

" Olhei fundo nos olhos dele, meus olhos irremediavelmente presos em seu olhar, eo sorriso dançava em minha visão periférica, e de repente tudo o que eu queria era o beijo, aquele beijo prometido, o beijo do vampiro. "


Clara era uma pessoa normal. Tá bom, quase normal .
Morava sozinha, trabalhava como tradutora e tinha uma amiga vampira.
Lucila era uma vampira que se alimentava dos transeuntes e gostava muito da amizade com Clarinha. Tudo ia bem até aque um outro vampiro amigo de Lucila entra na história.
Daniel , nada mais, nada menos que um vampiro de programa que tirava seu sustento da arte da sedução. Suas clientes pagavam para serem mordidas e vivenciar uma experiência transcedental. Como assim ? Ao receber a mordida os humanos passam por uma experiência inesquecível . Um universo de sensações.

Desde o primeiro encontro rola uma atração entre Clara e Daniel. A todo momento Clara se advertia dizendo que aquele ali era um mestre na arte da sedução. A vontade de se entregar a uma nova experiência era grande mas Clarinha ainda tinha um restinho de juízo.

Bom, Daniel não aparece por acaso. Alguém estava assassinando suas clientes e o pior, todas as pistas levavam a ele. Justo ele que tinha feito a opção por viver na legalidade.
Daniel e Lucila chegaram a conclusão que Clara poderia ajudar.
Clara, bióloga, tradutora e com uma vida amorosa complicadinha, acaba virando detetive.
E assim, se vê completamente envolvida nas mortes das clientes do Daniel. Estudando as pistas, Clara chega até um suspeito e para chegar mais perto é preciso viver as experiências das clientes de Daniel, é preciso ser mordida.

Martha Argel, em seu romance vampírico envolve o leitor em uma trama de sedução, amizade e morte. Com uma escrita doce e ao mesmo tempo sarcástica e inteligente, o livro prende o leitor a uma São Paulo vampírica de múltiplas sensações.
Nada de brilhinho ao sol, anel ou sangue sintético. Aqui os vampiros bebem sangue e não são imunes ao sol e a água benta, estaca e o crucifixo são armas fatais.

O livro em uma palavra: Divertido

Como quem lê faz seu filme, eu matei a saudade dos vampiros clássicos e bad boys e de lambuja fui apresentada a uma outra classe : os vampiros psíquicos.
A relação de amizade em Clara e Lucila é encantadora e a autora retrata isso de uma forma muito bem humorada. Sente o clima:

" - Eu não vou causar nenhum mal a você. Você confia em mim Clara ?
- Confio, lógico. Tanto quanto confio em mim para tomar conta de uma bandeja de brigadeiros. "

E aí quer saber mais sobre Martha Argel e seus vampiros ?

www.marthaargel.com.br

http://vampirapaulistana.blogspot.com

E para quem vai a Bienal de SP , a autora Martha Argel estará no estande da Giz Editorial , conforme a programação abaixo:

- Dia 13/08
15:00 – Salão de Ideias: Por que o mito do vampiro continua vivo-Bate-papo com Martha Argel, Giulia Moon e André Vianco.
19:00 – Martha Argel autografa Relações de Sangue.

- Dia 21/08
16:00 – Martha Argel autografa Relações de Sangue.

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO