20

Onde Termina o Rio

Onde Termina o Rio
Charles Martin
Editora Record

" Aprendera alguns anos antes a usar o que quer que pudesse para alimentar as esperanças dela; mantê-la pensando em algo além do momento presente. Porque, se ela se concentrasse no aqui e agora, pioraria rapidamente. Foi assim que aprendi a dar um passo de cada vez."

Abigail Coleman é a filha única de um senador da Carolina do Norte. Nascida sob os holofotes em uma família tradicional e muito rica, Abbie vive unicamente sob os seus princípios. O que nos revela que ser feliz e amar verdadeiramente estão em primeiro lugar.

Doss Michaels não nasceu em berço de ouro, ao contrário, nasceu e cresceu em um estacionamento de trailers as margens do rio St. Mary. Doss possue algo raro e extraordinário que não se aprende na escola e também não se compra: o talento. Exímio pintor, ele consegue capturar a essência da imagem e transferi-la para as telas com a perfeição que só um talento nato possui.

As vidas de Doss e Abbie se colidem e contrariando tudo e todos, nasce um amor regado somente a felicidade.
Tudo o que Abbie toca vira ouro e não foi diferente com Doss. Após a chegada de Abbie em sua vida, um mar de pedidos o invadiu e suas pinturas passaram a ser vendidas por 4 dígitos.

Dez anos casada com Doss, no topo de sua carreira e dona de sua própria fama, Abbie de repente precisa enfrentar um inimigo mortal e silencioso : o câncer.

" Aquilo tinha tomado tanta coisa. E ainda assim, tudo que eu podia fazer era ficar parado e assistir. Enquanto segurava a mão de Abbie, lhe dava sopa, banho ou penteava seus cabelos, aquilo não desistia. Não importava o que você jogasse nele. Eu queria tirá-lo fora. Queria matá-lo. Cortá-lo em mil pedacinhos dolorosos, depois pisar nele no chão, moê-lo até que não fosse mais nada e erradicar seu fedor do planeta. Mas ele não havia chegado tão longe por ser estúpido. Ele nunca mostra a cara, e é difícil matar algo que você não vê. "

O Câncer tirou a saúde, seus seios, sua beleza e até um pouquinho de sua dignidade mas tinha uma coisa que Abbie não poderia entregar assim tão facilmente: a vontade de viver.
E assim, Abbie e Doss decidem fugir para cumprir uma lista de 10 desejos. Começaram pelo número dez que era descer o rio St.Mary inteiro desde Moniac.
Um tempo de vida intenso em que eles puderam encontrar desde fãs de Eric Clapton passando por um piloto muito especial e até ladrões.

Um relato apaixonado sobre uma doença que não se curva ao dinheiro, posição social e muito menos a nossa vontade.

O livro em uma palavra: intenso

Como quem lê faz seu filme, eu comecei a ler sem maiores pretensões mas me apaixonei pela história de vida de Doss e Abbie. Abbie nunca se lamentou, lutou sim para viver o máximo possível sorrindo e com muito bom humor.
Doss deu um show de amizade e lealdade. Ele foi leal ao amor e o colocou acima de tudo.
Um livro para ler e reler !



Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO