15

Olhos de Falcão

Olhos de Falcão
Alex Barclay
Editora Bertrand


" De uma infância arruinada, surge um elo indestrutível.
Texas, 1985 : dois adolescentes fizeram um pacto sinistro que os manteria unidos para sempre, leais na perversão e na maldade.
Agora um deles está morto.
E o responsável pagará caro por isso "


Duke Rawlins teve a infância massacrada por laços familiares inexistentes e abusos constantes. Apenas o tio de Duke lembrava um pouco a normalidade que a família deveria ser. Os meninos gostavam muito do Tio Bill e de seus animais de estimação:os Falcões de Harris. Aves extremamente inteligentes que se unem em um só objetivo: abater a presa.
Duke encontra em seu amigo Donald Riggs um parceiro ideal, não só para admirar os animais, mas para colocar em prática a sua raiva do mundo.

Joe Lucchesi era um policial de Nova York que trabalhava demais, tomava remédios e energéticos demais e era marido de menos.
Ao trabalhar em um caso de sequestro mal sucedido, acaba saindo de licença da polícia por um ano.
Anna Lucchesi em uma tentativa de salvar o casamento e a sanidade da sua família, leva Joe e seu filho Shaun para Mountcannon. Uma encantadora vila de pescadores perto de Waterford na Irlanda.
Anna era uma designer de interiores que trabalhava como freelance na revista Vogue Living. O seu projeto na Irlanda, era reformar um antigo farol deserto e castigado pelo tempo chamado Shore´s Rock.
Em seis meses a reforma ia bem, seu casamento ia bem e os Lucchesi eram queridos e podiam aproveitar a acolhida irlandesa.
Poético e até mesmo romântico, não fosse pelo desaparecimento de uma adolescente que era justamente a namorada irlandesa de Shaun.
Esse fato desperta o policial existente em Joe Lucchesi mas ali, ele não passava de um forasteiro.
De repente tudo aponta para Shaun. Joe se afunda cada vez mais em analgésicos e energéticos.

Detalhes da parceria Duke Rawlins e Donnie Riggs vão sendo apresentados.

Uma corrida contra o tempo. Uma vingança. Um descontrole.Verdades omitidas.
Nada está conectado e num piscar de olhos, tudo está conectado.

Alex Barclay em seu romance de estréia, como disse o Irish Independent, nocauteia o leitor.
Com uma narrativa clara e objetiva conhecemos detalhadamente a mente de psicopatas, policiais arrogantes e a cobrança do destino. Aquele que um dia foi o bicho-papão se viu frente à frente com verdadeiro bicho-papão.
Não espere uma Irlanda poética e apaixonada. O que você verá aqui é uma vila de pescadores unida em sua perda e capaz de julgar e condenar. Nessa hora, raízes falam mais alto !

O livro em uma palavra: viciante.

Como quem lê faz seu filme, eu embarquei nesse livro buscando a Irlanda e encontrei um romance policial viciante e envolvente. Senti o cheiro do mar e me encantei com o farol. Mas gritei de asco com a vida que Wanda Rowlings escolheu para seu filho Duke e sofri com o destino que ele próprio traçou.
Uma coisa é fato, você pensa que sabe o final da história. Na sua cabeça o quebra cabeças se encaixa, mas Alex Barclay te mostra que a vida, ou pior, o crime pode estar ao seu lado pelo motivo mais banal.
O livro não deixa um gostinho de quero mais e sim um gostão. As páginas iam passando em minhas mãos e eu pensando: "Não, não quero que acabe ! ".

Esse livro faz parte da série Joe Lucchesi Novels.
1-
Darkhouse escrito em 2005 e publicado aqui no Brasil em 2010 como Olhos de Falcão.
2-
The Caller escrito em 2006 e ainda não publicado no Brasil.
The Caller conta a vida de Joe Lucchesi após Darkhouse quando ele volta para a polícia de N.Y. Sua vida ainda está longe da normalidade pois Anna não o perdoa facilmente por colocá-los frente à frente com o perigo.

Eu já sei que eu quero ! E você ?

Postar um comentário

Posts Recentes

© Quem Lê faz seu Filme - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO